16 julho 2010

Amor sem escalas.

Recebi por email a indicação de filme com "sintomas" de geminianos. Então assim como eu dei a dica do '500 dias com ela - 500 days of Summer', graças a colaboração da Cris, hoje indicarei o filme 'Amor sem Escalas - Up in the air' , com o George Clooney.

Bom, ele é o geminiano. Nato! O de mais raça pura possível.
De repente me imaginei na casa dos 40 na situação do personagem Ryan Bingham. Um solteirão, que escolheu essa vida [SEM COMPROMISSOS NENHUM], e que dentro dos limites, é bem sucedido no processo.
 No filme ele é uma espécie de conselheiro de transições de carreira. Resumindo, ele é um executivo contratado por empresas desesperadas que precisam mandar pessoas embora, mas não têm coragem de sujar suas mãos e fazer isso elas mesmas. E assim, ele apresenta uma nova perspectiva de vida para pessoa recém demitida.
A partir daí já percebemos como ele é bom de papo, com uma certa extroversão e nenhuma papá na língua. O cara perfeito (e frio o suficiente), para demitir as pessoas sem muito drama e com eficiência.

Mas o quesito geminiano mais gritante no filme, é então o título do filme. Quando se trata de amor é que o personagem se revela geminiano  nato.
A cena mais marcante pra mim, foi um simples diálogo entre ele, e sua colega de trabalho. Onde ela o questiona sem conseguir entender o por que ele é contra o casamento.
Não que os geminianos abominem a idéia de casamento, mas a forma como ele expõe sua defesa. Eu simplesmente revi minhas conversas, onde meu ponto de vista é exatamente igual ao de Ryan.

Confesso que em uma determinada parte do filme ficou balançada, quando a liberdade de viver sem contratos e com amores casuais é questionada e até abominada. O próprio Ryan também se sentiu assim. E ai ele foi atrás de ouvir esses conselhos amorosos e o resultado não foi muito agradável.

Com o Ryan eu aprendi que, geminianos não sabem 'amar' e não deveriam 'abrir mão' da liberdade, por que é furada. (sendo extremista, óbviamente)

Bom, no mais, resta dizer que o filme é bastante agradável, é uma comédia leve, com uma pitada de drama sútil. E tirando esses conceitos geminianos furados, o filme te faz pensar sobre o tempo, e nossas decisões e sobre o rumo das nossas vidas.

II II II II II (3/5)

3 comentários:

  1. Oi. Sou geminiana e, francamente, não curti esse filme Amor Sem escalas. Achei-o meio fraco, apesar de abordar um tema interessante. Na verdade, penso que não gostei do da menira como a história foi conduzida. O tema do filme em si é bem palpitante. Mas a forma como o enredo foi levado, achei muito chata.

    De fato, ele não se deu bem indo atrás de de alguns conselhos que recebeu. Melhor que tivesse ficado na galinhagem.... Teria se decepecionado menos rsrs, porque a mulher era uma tremenda mentirosa posando de bem resolvida.Em suma: ele foi usado!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Ele não é do signo de Touro ...nascido em 6 de maio ?

    ResponderExcluir
  3. Sim, o ator é taurino
    O personagem tem um Q de gêmeos.
    =)

    ResponderExcluir