25 maio 2010

nas baladas...

Sair com a turma geminiana para curtir os agitos de sábado à noite é sinônimo de diversão garantida!

É impressionante como gostamos de nos divertir, de estar no meio de
pessoas, música e animação. É um combustível para a alma também.

O comportamento do geminiano nas festas é tão enigmático quanto o próprio. A princípio, costumamos ficar mais 'acanhados', gostamos de chegar ao local, pegar a bebida e avaliar. Estudamos o território com uma rapidez impressionante. Fazemos questão de olhar tudo e registrar detalhe por detalhe. E claro, damos aquela geral rápida no público.

Depois de toda essa conferida, partimos pro abraço!

Gostamos de dançar. É divertido e animador. Então por que não? Dancing likes no one's watching...

E tomando a bebidinha, dançando com a galera, e calculando o bote. O problema é que às vezes falta álcool, digo, falta iniciativa, ficamos intimidados com toda essa exposição. Afinal não gostamos muito de demonstrar sentimentos com plateia. Então, quando você menos espera, surge o lado geminiano cara de pau, e todo o problema é resolvido.

Se o cara de pau ainda 'encontrar' com o lado já meio alcoolizado, aí é batata! Lá vem o Show!


Mas cuidado, assim que nos libertamos dessa algema, nos libertamos de tudo. Com a mente bem rápida, já começamos a procurar uma nova pessoa mais interessante. Sabe como é né, o desapego no geminiano é gritante. É um olho fechado concentrado no beijo, e o outro aberto já a procura de uma presa, de novidade, de aventura ...

O que pode irritar demasiadamente um geminiano na balada? A falta de comunicação. Gostamos um bocado de conversar e perguntar. Como gostamos de questionar e ir descobrindo o mundo da pessoa, o barulho infernal pode acabar por nos irritar e fazer com que desencanemos muito facilmente. Mas pode ser pior, você talvez possa até conseguir um lugar menos barulhento, mas se a pessoa não tem o que dizer é adeus! Perda de tempo sem acréscimos não interessa.

There's plenty fish in the sea...

O que pode irritar demasiadamente a pessoa envolvida com o geminiano é o fato de o geminiano não saber a hora de calar a boca e finalmente fazer o que deve ser feito. Resumindo, a expressão ' Cala a boca e beija logo', pode servir para alguns geminianos. Impressionante como falamos, perguntamos, rimos, e perdemos o feeling da hora do beijo.

Mas também depois que passar o sufoco, é só aproveitar e curtir. Isso até o geminiano surtar e discretamente desaparecer em busca de uma nova aventura. Diversão sem contrato!

Óbvio que o desenho muda de forma quando se encontra uma companhia noturna totalmente agradável e compatível. Incrível como nos transformamos, assim que nos despertam o interesse de querer  saber, ver, conhecer mais.

O  geminiano na balada sempre vai ser uma das pessoas na multidão super animada e divertida. Provavelmente, no decorrer da festa já estará desabotoando alguns botões da camisa e distribuindo Free Hugs! Tudo com muito humor e com a dose etílica alta. =)

5 comentários:

  1. Hahaha no meu caso eu distribuo celinho de hebe camargo hahahahaha!

    ResponderExcluir
  2. "Impressionante como falamos, perguntamos, rimos, e perdemos o feeling da hora do beijo."

    Noooooossa! Agora eu entendo de onde vem essa minha topeirice de falar, falar, falar e acabar esquecendo de fazer o bjo rolar! kkkk

    ResponderExcluir
  3. kkkk, ta explicado.... kkkkk eu nunca me entendi.... ate agora!

    ResponderExcluir