02 dezembro 2009

o contorcionista

Muito patéticamente, me encontrei todo contorcido na cadeira do computador, declamando uma música qualquer, porém com uma interpretação muito peculiar e original, diante de sua fotografia com o belo par de olhos castanhos mágicos que inspiram e me deixa sem postura.
Tudo torto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário