10 agosto 2009

(...)racional



Resolvi apreciar o mundo!
Por um segundo vou ficar burro e surdo
Surdo de toda e qualquer criação, Divina, racional!

Resolvi ser um voyer do mundo
Pelo menos do que cabia no meu telão de plasma
... quer dizer, da minha janela!

Sentei no chão e me despir de tudo
Só queria uma atmosfera enigmática
Então parei com tudo!

Só não consegui calar a boca do som.
Música me inspira!

Sentei frente as caixas de som
Mas pude ouvir claramente o vento entrando pela minha janela
Ele criou uma melodia linda no obejto-hippie que 'canta'¹,quando o vento bate, em formas de astros.

Lá no céu, um azul tímido
Algumas nuvens
Porém hoje elas estão num tom mais iluminado
E olha que é segunda-feira

Lá no céu, um falcão que aprende a voar
Deu três voltinhas, ensaiou alguns rasantes
E se foi

O vento vai ficando mais feroz e mais frio
Até parece que as nuvens andaram mais depressa
Será que é sinal de algo?
Bom, se for, logo saberemos

Ainda estou sentado no chão, menos burro
Um pouco mais coberto, afinal temos vento!
E no ar um reggae brasiliense
Maneiro, positivo, calmo!
Tão calmo e sereno
Quase perfeito!

De tão relaxante, começo a ouvir vozes
Aquela sensação de que o sonho tá acabando...
Despertei!

Já ouço TUDO de novo
Já vejo tudo outravez
O barulho da obra, o papel jogado pela janela
A poluição visual

Possívelmente, até consigo ouvir uma freada brusca
Será que bateu?

Já tá tudo racional novamente!
É, vejamos,
Existem controvérsias...

Felizmente o vento ainda canta
O sol ainda está sendo simpático
E o papel acabou
Acabou com o piar do canário!
________________
¹. Se alguém souber o nome desse objeto, por favor me conta! Eu não consigo lembrar o nome dessa merda!

0 Comente Aqui:

Postar um comentário