28 agosto 2009

Janelas da imaginação!


Dá pra se perder tentando contar quantas janelas acesas eu vejo daqui!
Parece um monte de vagalumes no meio do mato escuro.
Milhares, muitas mesmo!
Algumas no tom alaranjado, outras brancas
Vejo até verdes!
Não posso deixar de pensar se - do nada - rolasse um blackout
Apagão geral, que louco e econômico seria!
E eu aqui, de camarote, vendo tudo pela janela da minha imaginação!

Mais próximo da minha vista, no prédio em frente , avisto 3 pequenas janelas, que eu suponho que sejam da cozinha.
Ih!, nem venha me taxar de intrometido na vida alheia ou invasor de privacidade.
Tô ligado que todo mundo se amarra em realitys shows.
Eu sou um deles!
Só estou aqui, criando o meu próprio
Brincando de Boninho por um dia.
A imaginação ajuda bastante na composição do roteiro, quando não se tem uma visão 100% nítida do que estar rolando com os participantes do meu reality.
Minha tecnologia ainda não é HD!
Anyaways...

Voltando as 3 janelas da possível cozinha
No 1º andar vejo uma mocinha, ruiva
Deve tá com frio, pois veste um casacão comprido cinza
Ela está a horas frente ao que eu deduzi ser o fogão
Ela segura algo que parece uma garrafa branca
Talvez seja leite!
ISSO, ela é um jovem mãe esquentando a mamadeira do pequeno filho
[A imaginação conta bastante]

A 2ª janela fica no 3º andar
É a luz mais clara e branca das 3 janelas acesas
Essa tá dificil de entender algo
Eu não sei se a pessoa que estar pilotando o fogão é homem ou mulher
Ou é uma velha ou um careca
Bom, seja o que for, é uma pessoa gorda,e com certeza ta esquentando a barriga no fogão

E na terceira janela,
... bem, agora já tem bem mais de 3 janelas acesas
Use a imaginação aí para essa 3ª, por que lá longe vejo algo
Outra janela possívelmente mais interessante

Nesse caso a imaginação é tipo 70%
No prédio paralelo, a aproximadamente 100 metros de distância
Vejo uma janela grande, larga e aberta, sem cortina cobrindo e escondendo nada
As paredes da casa são brancas, todas brancas
A luz do apartamento é muito branca também
E há uma pessoa, também de branco
Tudo que eu vejo é a cor branca
Vou pra janela debaixo que essa visão ta me lembrando aquelas reuniões de mesa branca - espirita- e eu tô de boa de ser espectador de coisas sobrenaturais.

Na janela de baixo, tudo no tom vermelho
Vários obejtos pendurados
Sofás vermelhos com almofadas vermelhas
Muita movimentação
Minha imaginação criou um bordel na minha mente
A profissão mais antiga do mundo continua na moda

Falando nisso... em uma janela bem mais próxima
Tenho a nítida sensação que assinei um pay per view de canal adulto.
Prefiro não descrever em detalhes o que vejo pela janela, para não criar um conto erótico!
O que posso assegurar é que a minha vizinha é uma puta de uma gostosa!
Que faz chapinha como veio ao mundo
Pele morena, cabelos negros, seios perfeitos...
Tá parei!

... pensando aqui com meus botões
E o que será que as pessoas veem quando olham pra minha janela?
Será que elas curtem o meu show?
Será que a fumaça embassa tudo?
O que será que a imaginação dos alheios criam sobre minha pessoa?
Será que somos observados 24 horas por dia, sem parar?

Eu sei que o exercício de observar o mundo em que nos rodeia é incrível.
Ter a percepção de pequenos detalhes deixando a mente fluir, voar e criar
É incrível, pratique aí!
...que eu já me cansei de observar a vida alheia por hoje
No 3 vou fechar a janela da imaginação
Até a próxima espiadinha!

0 Comente Aqui:

Postar um comentário