01 julho 2016

Geminianos precisam aprender a amar.

Compartilhe esse texto com seu amigo, amante, crush, marido, noivo geminiano.


O papo é direto e reto com todos os geminianos, principalmente com os do sexo masculino.
Está mais do que na hora de SE PERMITIR!
De arriscar.
De NÃO racionalizar nada e simplesmente sentir e viver.

'Ei Rodolfo, porque esse discurso agora hein?'

- Por que essa é a maior percepção que eu tiro sobre o signo de gêmeos, a partir do relato de centenas de pessoas, que me escrevem diariamente, querendo se relacionar com nós (geminianos) e simplesmente não conseguem. E as queixas e dúvidas são sempre as mesmas.

O geminiano começa um lance super empolgado e envolvente e sem aviso prévio ele muda completamente de comportamento. O geminiano diz que gosta da pessoa, mas simplesmente some ou não deixa absolutamente nada claro daquilo que está sentindo. 
O geminiano envolve a pessoa em sua lábia e faz ela acreditar que ela é especial, e quando surta fica frio, distante, grosseiro, monossilábico.

'Ah Rodolfo, e você é perfeito? Nunca agiu assim?'

- Já! E não me orgulho. No entanto não mantive esse comportamento pouco maduro (por assim dizer) a diante. Hoje estou casado, mas no começo da relação, antes de termos um status oficial, eu tirei o pé do acelerador e brequei muito forte e sem avisar a passageira. Sorte nossa que tínhamos airbag e nos salvamos do desastre.

E como eu fiz isso? Desracionalização de tudo que eu tinha de conceitos sobre relacionamento. Resolvi me entregar e viver por completo aquilo que eu sentia. E olha que eu já buscava o amor há muito tempo e quando ele bateu na minha porta eu quase fechei ela por medo. Mas o impulso de querer viver algo inédito foi mais forte.

Essa história de que geminianos gosta de viver livre, é verdade em certa parte. Mas no fundo, TODO MUNDO quer uma companhia nas noites frias ou numa tarde de domingo. Só que as pessoas não são descartáveis, ou paliativas. Todos somos feitos de corpo, alma e sentimentos. E com o sentimento do outro não se deve brincar, não se poder achar que vai estar disponível para quando você quiser. Errado pensar assim, geminianos.

'Rodolfo, eu já me entreguei e me decepcionei, fui muito magoado, não quero mais.'

Oi, você e todo mundo já tiveram algum tipo de decepção na vida, supere. Não desconte numa outra nova pessoa ou até mesmo em você, se bloqueando de tentar encontrar algo que finalmente faça valer a pena sentimentalmente. 

Quando eu digo que geminianos precisam aprender a amar, é simplesmente se deixar levar por aquilo que ele está vivendo. Tentar enxergar mais expansivamente, não só momentaneamente. Porque ninguém é igual a ninguém e a descoberta do diferente no outro pode valer muito a pena. Não há monotonia quando você se dispõe a viver algo intensamente. Você vai descobrir mais sobre você mesmo, você vai perceber novos comportamentos, atitudes, pensamentos. Vai querer dividir, compartilhar, preservar, e brigar por aquilo que você quis ter.

E se caso não esteja dando certo, tudo bem. O que vale é a tentativa e os momentos felizes, de superação, de descoberta.

Não brinquem com o coração da pessoa que vocês estão se envolvendo, elas sofrem!
Toda vez que eu recebo um e-mail com essas queixas, um dos meus conselhos sempre é para que vocês paguem na mesma moeda.
Imagina uma pessoa te ignorar do nada, não te dar mais atenção sem 'motivo aparente', deixar de ser carinhosa e começar a ser fria, seca e rude. Horrível né?
Pois é isso, que fazemos com quem nos envolvemos. E fazemos por puro medo de 'perder a liberdade'. Mas não sei onde veio escrito que uma pessoa que pode compartilhar tudo com você, vai tirar sua liberdade.
Individualidade pessoal, não é sinônimo de liberdade.

Vamos amar geminianos. E vamos nos comprometer!
Esse nosso comportamento não é nada além de infantilidade emocional.

Somos tão bons na arte da conquista, por que não ser melhor ainda na arte da perpetuação. 
Fica a dica para você e para mim.
;)


0 Comente Aqui:

Postar um comentário