15 janeiro 2012

Um geminiano no RJ

Ei 2012...

E assim sem mais nem menos eu cai de asa delta aqui na cidade maravilhosa, conhecida como Rio de Janeiro.
Era uma vez um brasiliense que se mudou para São Paulo onde viveu seis longos, intensos, caóticos e muito marcantes e bons anos de sua vida. Um dia aquela cidade ficou cinza demais e ele a convite do irmão foi dar uma espairecida ali pertinho, na cidade onde mora a Avó, Tia e Prima. E assim passamos o 7 de setembro nas praias cariocas. 

Dois meses depois cá eu estava, só que dessa vez de mala e cunha. Aliás, praticamente só a cunha. Geminiano e desapegado que me tornei durante a vida, deixei absolutamente tudo pra trás. Não sobrou nem um lençol para contar história. Me coloquei no carro e me trouxe. Eu e meu Coração Geminiano cheio de esperança de um novo recomeço.

E assim tem sido. Adaptável como somos, essa parte foi tarefa fácil. Também puderá, o desafio era; trocar o mar de carros por um mar de verdade. Viu só? Moleza!
Sempre tive o sonho de morar na praia, e de um certo modo esse sonho hoje pode ser considerado palpável.

A terra do samba, das mulatas, das praias, das coisas maravilhosas E DO FUNK. Assim que pus as rodas na cidade a primeira (2ª, 3ª e 4ª) estação de rádio que sintonizou foi de funk! Foi um boas vindas maneiro.

Andando como um lobo desgarrado, observei muito. Fui usando da curiosidade e do meu grande senso de direção para conhecer e assimilar tudo. Essa história de ruas com nomes alheios é muito pra minha memória. Cresci na cidade dos números. Mas mesmo assim, dou meu jeito. Alguns nomes são iguais as ruas de Sampa, ajuda de alguma forma.
Aproveitei para me perder e me encontrar ao mesmo tempo. Não dizem por ai que é se perdendo que nos achamos. Foi bem isso. Entrei em cada buraco sem querer, e nessas descobri várias paisagens, culturas, histórias e lendas espalhadas por aqui.

Mas bom mesmo foi quando o bando se reuniu. Esse geminiano que vos fala perdeu a linha. [já utilizando gíria local, saco?]
Ai sim eu CONHECI o rio de janeiro propriamente. 
As praias e paisagens eu já havia xeretado sozinho, então agora queria explorar outros cantos de uma outra forma. 
E foi o que fiz. 
Meus últimos dias de 2011 e os primeiros de 2012 já entrarão pra história da minha vida com momentos e lembranças inesquecíveis.
De uma certa forma fui me tornando o personagem de várias canções de Chico e Cazuza. 

Me esbaldei na Lapa, curti Botafogo, vi o sol nascer no Aterro do Flamengo, nadei de manhã cedo no Posto 9. Também virei a noite nadando sem traje algum nas pedras do Arpoador.
Subi o morro, descobri cultura local e divertimento para todos. 
Visitei museus e exposições.
Inclusive essas que indico aqui no blog: No planetário o momento de indignação, pois os Astrônomos já consideram o "novo horóscopo", aquela palhaçada de que não somos mais geminianos. Ignorando esse fato, eu indico muito o passeio.
O outro passeio é sobre um geminiano mega talentoso de Hollywood - mostra sobre Clint Eastwood no Instituto Moreira Sales, na Gávea.

Enfim, estou em contato com a natureza diretamente e todos os dias. Tenho procurado por paz de espirito e na maioria das vezes tenho sucesso. Tenho me preparado e aceitado bem as mudanças e desafios propostos pela vida.

E SIM, gostaria muito de sossegar o faixo e ser um geminiano bonitinho e comprometido, mas é que aqui no RJ é a cidade das tentações, principalmente na melhor estação do ano (na minha opinião). Essa meta de vida, eu quero adiar só mais um pouquinho. hehehe

Então o recado é esse, Girls, agora esse geminiano aqui está solto no RJ.
Sai da frente!
ou Vem ni mim!

- OH IF I CATCH YOU!

3 comentários:

  1. Pois já me acostumei com esse seu namadismo. Só não me acostumei em ficar longe...

    ResponderExcluir
  2. Natylda meu amor, vc por aqui!!
    hahahahaha


    vem pra mim vem.
    Vamo explorar o rock dessa cidade!
    vivo encontrando o Lobão por aqui.
    Aqui tem o Studio RJ, é a mesma faixada e tals..


    vem vem vem!!!
    ;)

    ResponderExcluir
  3. Ai, vocÊ sabe que eu vou, mas bem que você podia ir comigo, com a déia e com a Mamuska pra Buenos Aires hehehe

    ResponderExcluir