31 maio 2010

attractive!

----- e num momento de viagem.\.\/./ -------

Nesse final de semana completei 1/4 de século! Mas o post sobre reflexões da idade vai ficar para uma outra ocasião. O que vim falar hoje, e que tem a ver com o meu aniversário, foram algumas mensagens de parabéns que recebi.

Três, sendo exato e específico!

Algumas pessoas no dia do aniversário ficam se importando com a primeira ligação, ou o primeiro abraço, ou SMS. E as vezes acaba virando uma competição. 
Quem nunca passou por uma situação dessas e nunca ouviu as frases:
- "Quem foi a primeira pessoa que te deu parabéns????" ou então. 'Parabénssssss, eu sou a 1ª pessoa né?'
Acho demência! mas enfim...

Esse ano o primeiro 'parabéns' que eu recebi foi bem especial. Veio lá de longe, e ao mesmo tempo de tão perto. Uma ligação platônica, que transcende qualquer tentativa de análise freudiana a respeito. É complicado e enigmático assim. E é intenso e importante assim também. Foi. É. Vai ser! Enfim. 
Um primeiro 'parabéns' pra garantir que o dia 'D' seguisse nos conformes, como foi!

Me diverti pra burro (me amarro nessa expressão) no meu aniversário. Logo depois do almoço, fui checar e-mails e todas as milhares de opções que eu poderia ter de recados de parabéns online. 
[No meu aniversário eu tenho a mania de espalhar pra todo mundo, sempre quero mais desejos de 'parabéns'...só por diversão!]
E lá na rede social,  estava o outro "1º recado", o virtual e também especial. [rimou sem querer..]

E tive um outro exemplo, do qual prefiro não comentar por que é melhor encerrar por aqui...

Enfim,
Minha conclusão a respeito foi; Quando estamos com alguém, e seja lá a sua classificação de "estar", você acaba doando um pedaço de você. Mas é como se esse pedaço tivesse um imã. E sendo assim, a conexão se mantém, extra-life.
Numa analogia muita suja, diria que é como se fossemos os cachorros na rua. Andamos por ai marcando território.

--------- viajei???-------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário