20 outubro 2009

1 geminiano em São Paulo

A cidade de São Paulo tem trocentos contras? Sim.
É cinza, chove, alaga, é fria, é lotada, é poluída.
Mas tem os prós?
Claro! Sempre é bom observar as coisas boas que a cidade proporciona.


Umas das coisas que mais chama atenção é que a cidade não tem uma identidade pré-definida.
Aqui é a terra de ninguém, e ao mesmo tempo de todo mundo.
Não tem uma cultura regional típica e predominante.
Ou se tiver, eu arriscaria dizer que é; Seja Você mesmo!


A liberdade que a cidade te proporciona é uma experiência incrível, que todos deveriam ter a oportunidade de vivenciar. Chegar em São Paulo e viver a vida como um paulistano, é como se libertar de um casulo construido ao longo da vida.

Quando me mudei, não tinha referência nenhuma da cidade. Simplesmente agarrei a oportunidade, acreditando que aqui seria o melhor começo de um futuro promissor. E a primeira coisa que senti na pele, era que a liberdade de SER você mesmo, é algo louvável na cidade.

Viver sem se preocupar com status ou com julgamentos tortos.


Quando cheguei aqui quis experimentar tudo o que essa liberdade poderia oferecer!
Casou perfeito com o fato de ser jovem, 20 anos, morar sozinho e estar numa cidade onde a diversidade é apreciada [na medida do possível, não sejamos hipócritas].


Mesmo por que, EU, tido como doido por alguns, me 'assustei' com a realidade da cidade, no primeiro contato, mas depois você vai entendendo, respeitando e entrando na onda.

Cheguei aqui com uma tatuagem apenas, hoje já somam um total de 8.
Logo que cheguei também, resolvi fazer um moicano no cabelo. Why not?!
Já engordei, depois emagreci.

Coloquei piercings, tirei todos, e depois repus alguns.
Fiz o que bem entendia e que a mente inventava.
Tudo sem MEDO de ser analisado/julgado por amigos ou família.


Já que era pra descontruir todo o personagem e tudo que eu 'era', valia todos os truques. Desde que a mente esteja aberta e disposta a novidades.
Tive a oportunidade e a coragem de experimentar várias coisas inéditas na minha vida.
Até "troquei" o reggae pelo rock!


E por incrível que parece, fiquei mais calmo e muito mais tolerante. Passei a admirar a vida e as coisas como elas são! Sem querer mudar ou ficar procurando os porquês!

E já fazem 4 anos esse processo de apredizado. De como lidar e aproveitar a liberdade que você tem, interligado com a rotina da cidade.
Já odiei morar aqui, mas como um bom geminiano, isso é constante. Hora odeio, hora amo!
HOJE, não trocaria essa liberdade que a cidade cinza, cercada de prédios oferece, por praia alguma.

E muito menos pela barra da saia da mamãe.

Ainda tem muita coisa a ser desconstruída, aprendida, inventada e curtida por aqui!
E como a música diz: O importante é ser você, mesmo que seja bizarro!
Viva sem preconceitos
Sem medo de inovações
Instingue a sua criatividade, se liberte e seja feliz!


São Paulo permite!

2 comentários:

  1. Pop! Você é muito mais do que qualquer rótulo que qualquer brasiliense, ou paulistano, ou até você mesmo possam colocar em você! Inclusive muito mais do que um geminiano!
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. sp tem me sufocado muito. não acho que a liberdade aqui na cidade seja tão livre assim.tudo está muito camuflado, tudo está muito desolado.sinto falta de pessoas, pessoas de verdade.por isso quero logo respirar os ares do campo, ou de uma praia.aqui não consigo mais....

    ResponderExcluir