12 agosto 2009

g.a.m.e.o.v.e.r.














E então, o qual seria o conceito?

Troca de afinidades?
Admiração mútua?
Diário secreto?
Posição geográfica?
Uma roda se risadas?
Uma carta lida?
O branco? O preto?
A permissão
A negação
O egoísmo
O ego
A minha verdade
A sua verdade
Aperto no laço
Medição de tolerância
Queda de braço com a paciência
Uma corda bamba, que balança, balança, balança e caí!

Caiu, e de bunda!

Não sei seu conceito de amizade, nem sei bem se existe um.
Mas sei de alguns dos meus conceitos
Da minha verdade
Do tempo que passou, igual a ampulheta da nossa última partida!

Peguei as cartas, os dados e o tabuleiro e fechei a caixa.
E guardei!
Agora tá lá jogada nas boas e velhas recordações!

Não carrego mágoas, apenas doces lembraças em mim!
Fim do jogo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário