24 agosto 2009

Eternamente

Eu ainda me lembro de como começou;
Chuvas e ventos, esperas e medos e uma carta de amor!
Vivendo de sonhos, assim você chegou
Com um lindo sorriso e um simples desejo você me conquistou

Hasta mañana- nunca se vá!

Viva pra sempre, eu te espero eternamente como o sol
Viva pra sempre o momento, eternamente para nós

Você ainda lembra de tudo que passou?
Noites e dias vivendo aquela linda canção de amor
E quando o silêncio chega para nós
Ainda consigo ouvir aqui dentro o som da sua voz

Hasta mañana - nunca se vá!

Viva pra sempre, eu te espero eternamente como o sol
Viva pra sempre o momento, eternamente para nós


Então estou chegando aonde sempre quis
Esqueço dos medos, revelo segredos que guardei pra mim

(...)

[V. Rodolfo Poppi e Tiago Miranda]

0 Comente Aqui:

Postar um comentário